MST ocupa área improdutiva em Hidrolândia
Economia

MST ocupa área improdutiva em Hidrolândia

Para reforma agrária

Renato Dias

Sob a hegemonia do MST, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terras, que completará 40 anos de História e lutas em 2024, 600 famílias ocuparam uma área da União, em Hidrolândia, região metropolitana de Goiânia. Para um novo assentamento.

Área usada para exploração sexual 

Investigações da Polícia Federal apontam que o imóvel rural era de propriedade de uma suposta organização criminosa que operava com o tráfico de pessoas. Veja: a fazenda servia para a exploração sexual. É a segunda ocupação feita pelo MST no local

MST ocupa imóvel usado para exploração sexual em Hidrolândia

Renato Dias

Renato Dias, 56 anos, é graduado em Jornalismo, formado em Ciências Sociais, com pós-graduação em Políticas Públicas, mestre em Direito e Relações Internacionais, aluno extraordinário do Doutorado em Psicologia Social, estudante do Curso de Psicanálise do Centro de Estudos Psicanalíticos do Estado de Goiás, ministrado pelo médico psiquiatra e psicanalista Daniel Emídio de Souza. É autor de 20 livros-reportagem, oito documentários, ganhou 20 prêmios e é torcedor apaixonado do maior do Centro-Oeste, o Vila Nova Futebol Clube. Casado com Meirilane Dias, é pai de Juliana Dias, jornalista; Daniel Dias, economista; e Maria Rosa Dias, estudante antifascista, socialista e trotskista. 

Avatar photo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *