Home»Arte»Arte & poesia O fascismo, indiferença e as diferenças

Arte & poesia O fascismo, indiferença e as diferenças

0
Shares
Pinterest Google+

Arte & poesia

O fascismo, indiferença e as diferenças

 

Odemar Leotti

Quando se nota que a utopia falhou

Quando as heterotopias brilharam

Heterotrofias, heterodoxas, éter esvaído.

Ofuscadas ainda por marcas de soterramento

A diferença adormecida,  mas respirando

Sob os escombros da racionalidade

Sob as baionetas da nacionalidade

Ela acorda de um estado de fingimento

De fugas contínuas para amparar a vida

A vida mutilada, despedaçada, ruínas.

A diferença caminhando pela indiferença

Como forma de respirar profundo

Quando o ar já quase se desertou

De nós para morar com as palavras

Que nunca mais voltaram das nuvens

Para a poeira que não vê mais passos

De andarilhos do agora sufocado

 

 

 

 

Previous post

Domínio absoluto Vila Nova derrota o seu maior rival

Next post

O que Mourão não disse em artigo

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *