Home»Política»Líder tucano condena terror em Brasília

Líder tucano condena terror em Brasília

0
Shares
Pinterest Google+

Jardel Sebba veta a destruição de patrimônio público do STF, Congresso Nacional e Planalto

Jardel Sebba: contra a baderna

Atentado à democracia

Tucano, o símbolo do PSDB

Jardel Sebba, ex-presidente da Assembleia Legislativa, ex-deputado estadual, governador de Estado interino, ex-prefeito de Catalão, ex-secretário de Estado

 

Renato Dias

O ex-presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás Jardel Sebba [PSDB] diz condenar os ataques ao Supremo Tribunal Federal, Congresso Nacional e Palácio do Planalto. Atentados ocorridos no último domingo, 8 de janeiro de 2023, por cinco horas consecutivas. Com a destruição de obras de arte, instalações das sedes dos três poderes. A crise obteve o repúdio de 93% da população do Brasil, aponta a pesquisa Datafolha, divulgada ontem.

Datafolha: terrorismo de evangélicos, militares, adeptos de Jair Bolsonaro rejeitado

Cenas lamentáveis de violência, atos de vandalismo, desprezo pelo patrimônio público, oriundo de recursos dos contribuintes das 27 unidades da Federação, 26 Estados e o Distrito Federal [DF]. Ex-deputado estadual por quatro mandatos consecutivos, ex-prefeito de Catalão, ex-secretário de Estado de Gabinete, governador de Goiás interino em dois episódios históricos, o membro da executiva estadual do PSDB defende o Estado Democrático de Direito.

Tentativa de golpe de Estado civil e militar

Médico, produtor rural, Jardel Sebba informa ao Portal de Notícias www.renatodias.online que não se identifica com o programa de governo de Luiz Inácio Lula da Silva, presidente da República eleito dia 30 de outubro, no segundo turno, admite ser adepto de uma ideologia de direita, republicana, com ideais de cidadania e desenvolvimento econômico. Não concordo, porém, com o cenário de guerra, terra arrasada e destruição promovidos em Brasília, frisa.

Uol imagens

Previous post

Rastros de ódio, terror e fascismo

Next post

Minúcias do Terror: anistia, não!

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *