Home»Arte»Dvolt lança álbum virtual

Dvolt lança álbum virtual

0
Shares
Pinterest Google+

Rapper inventivo

Dvolt lança álbum virtual

 


Trecho da faixa 2 

Clube Revolução

 

Não tem Universal e dezessete

Fakenews e amor a cassetete

Capitalismo, grande assassinato

Executa independente do formato

 

Sem torcida pra verme fascista

Sem torcida pra verme racista

Na rua firme com dignidade

Liberdade para o campo e cidade

 

 

Renato Dias

O rapper e cordelista D Volt, nome artístico de Danilo Joaquim da Silva, coloca, hoje, no mercado do entretenimento de protesto, ‘gauche’, o álbum virtual ‘Firme na Resistência’. Sob tempos sombrios. Da Pandemia do Coronavírus Covi 19. Com 325 mil mortos, 30 mil casos subnotificados, a queda de 4,1% do PIB, a alta dos juros, a elevação estratosférica do dólar, euro e libra, a escalada do desemprego, a volta do Brasil ao Mapa da Fome da ONU, o acelerado processo de desindustrialização do País e de reprimarização da Economia Nacional para exportação de commodities ao centro do sistema capitalista mundial de poder. Além da tentativa de autogolpe do suposto Messias, da necropolítica, Jair Bolsonaro [Sem partido].

Danilo D Volt
Danilo D Volt

A produção é independente. De rara beleza estética. O som das ruas. Dos bolsões periféricos. O que a burguesia que fede não quer nem ouvir. Com a colaboração de Kiko Dee, Uzzy, Caçadores de Harmonia e Cine Rap. Repertório do circuito underground autoral. As temáticas referem-se às lutas de classes. Agendas contra o racismo, a homofobia, a misoginia, o sexismo, o fascismo contemporâneo, do século 21, e em defesa da diversidade das juventudes. Músicas com inegáveis influências do break beat, literatura de cordel, cantigas populares, capoeira, hardcore e até samba rock. Uma pancada inventiva. Engajada. Para abrir a cabeça da galera. O disco virtual conta com as participações especiais dos rapper´s Ivo Mamona, Black Cia e Dj Fox.

Ivo Mamona
Ivo Mamona

Assim como do capoeirista Ronan Marrom e dos cantores e instrumentistas Marcos Matheus e Rafael Santos. As gravações, mixagens e masterização foram realizadas por Johnathan Ramos. No Estúdio 1º Mandamento. Com Sérgio Augusto, Augustus Studio e DJ Fox, Studio 100% Correria. A capa foi desenvolvida pelo designer gráfico e editorial Ronan Marrom. Sob a fotografia de Nayara Jeniffer. D Volt informa, com exclusividade, que iniciou a sua carreira no ano de 2002. Registro:  no grupo E.D.G., da Zona Leste de Goiânia. Ele atuava como DJ e MC. Já em 2004 o nome do grupo acabou alterado. Para Diretoria do Gueto. Registro: hoje um cole­tivo cultural.  D Volt começou o seu trabalho solo em 2012. Com três EP’S e um álbum digital.

_ Com letras autorais e parcerias. 

Capa do Álbum Digital
Capa do Álbum Digital
Previous post

Dos EUA para o OBA

Next post

História do rock em Goiás

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *